Casa de Recuperação e Benefícios Bezerra de Menezes

Arquivo do Blog da Família

O Evangelho pertence ao futuro, por isso não envelhece. Constitui um ponto de chegada e não de partida. — P.Ubaldi

O seu esclarecimento pessoal pode fazer muito bem à sua família.
Cultive o hábito da boa leitura.



Neste livro o autor Hermínio Miranda lança um olhar mais atento ao mundo das crianças e bebês. São eles, antes de mais nada, espíritos milenares. Cada qual com a sua bagagem de tendências e limitações a serem vencidas. Aos familiares cabe a tarefa de ajudá-los a progredir neste mundo, construindo uma nova bagagem de experiências. Utilizando como suporte pesquisas científicas sobre o tema, Hermínio vai desdobrando os mistérios da criança. A leitura é proveitosa e cheia de casos curiosos.
A coleção Conte Mais é constituída de quatro volumes com uma coletânea de histórias educativas infanto-juvenis, de cunho moral elevado e destinado a colaborar na formação de uma personalidade sadia. O material é destinado à crianças a partir dos três anos de idade. A linguagem simbólica da narrativa representa ótimo recurso para o desenvolvimento da inteligência emocional. As histórias que compõem os quatro livros foram organizadas pela professora Eloína da Silva Lopes e Sonia Alcade e remonta o ano de 1948. Algumas vinham pela via mediúnica, através da intuição ou da psicografia, nas atividades mediúnicas que os componentes da equipe participavam nas suas casas espíritas. Cada uma era analisada, revisada, aperfeiçoada e colocada dentro das regras da gramática e da literatura infanto-juvenil.
O obra apresenta sólidas bases para compreendermos as questões fundamentais da existência. Relata certos temas relativos à vida em família, que não foram abordados por Allan Kardec na Codificação, pois, naquele contexto histórico, não cabia discutir assuntos como adoção por casais homoafetivos, divórcio, educação dos filhos, barriga de aluguel, guarda compartilhada, alienação parental, entre outros. A proposta dos autores é a análise dos diversos temas polêmicos de interesse imediato das famílias, com fundamento na Doutrina Espírita e no Direito. É grande contribuição, pois esclarece assuntos de grande relevância para toda a sociedade com o foco na instituição familiar, que tem se mostrado tão frágil diante de novos e de antigos desafios. É um excelente "roteiro espírita" para aprofundar seus estudos sobre as questões debatidas no decorrer do livro.
A obra escrita por diversos espíritos fala sobre a família terrestre, com toda sua complexidade, através de pequenos textos para estimular a reflexão sobre as responsabilidades e compromissos, alegrias e bênção da vida familiar na Terra. Fala sobre a tentativa do reajuste e do aperfeiçoamento mútuos, da felicidade no parâmetro da Vida Espiritual.
A obra fala sobre um casal jovem de condições bem diferentes, mas que resolvem se casar apesar da vontade de seus familiares. Passam por dificuldades esperadas e mostra uma reencarnação que tem como finalidade o resgate, o acerto de contas. No primeiro momento, um filho adotivo resolve a questão da tão demorada gravidez e de um casamento desfeito, mas não sabe que é adotado. Na juventude, quando o plano de sua vida futura parece todo traçado, enfrenta a dura realidade de maneira triste, pois namora sua irmã, pensando que se trata de uma amiga da família. A mãe dos dois jovens, já desencarnada, fará tudo para impedir que os filhos sofram com as consequências do passado. É trama envolvente e emocionante, tem o objetivo de exaltar a caridade e a grandeza de pais que amam filhos alheios como se fossem seus. Logo, vêm as questões de elos afetivos, que, atualmente, envolvem o tipo de família sócio-afetiva além das demais.
Assumindo a postura ora de moderno e amadurecido pensador, de psicólogo social e de sociólogo, ora de um pai e experiente educador, Camilo apresenta reflexões importantes sobre a relação familiar, abordando algumas das mais usuais situações-problema que eclodem no lar, exigindo sérias e delicadas considerações, tais como: o número de filhos, a educação escolar dos filhos, filhos homossexuais, o casal e sua sexualidade, as separações conjugais, dentre outras. Páginas de lucidez e beleza, trazendo um apoio a mais no trato dos variados desafios da família humana.
A nossa meta é atingir o amor universal, ensinado e exemplificado por Jesus, que consiste em fazer ao próximo todo o bem que desejamos a nós, sem esperar retribuição ou elogio. Este trabalho enaltece a importância da família, onde nos preparamos para vencer o egoísmo e conquistar o amor irrestrito, porque se não conseguimos viver em harmonia num grupo de poucas pessoas, no ambiente familiar, como é que amaremos os demais indivíduos que compõem a humanidade? Explica como são formados os casais na Terra, quais são os papéis dos cônjuges no matrimônio e perante os filhos, além de como lidar com as separações conjugais mantendo o equilíbrio interior. Lições abordadas com riqueza de informações e de forma didática, onde os temas são iniciados com um texto de elevado conteúdo, culminando com perguntas objetivas.
Em virtude da agitação na vida moderna e excessos de distrações facultados pelo avanço da tecnologia, a convivência familiar se revela complexa e cheia de desafios. Infelizmente muitos cônjuges, filhos, irmãos e pais revelam-se desqualificados para o enfrentamento dos desafios domésticos, desde os mais simples até os mais complexos elegendo, em algumas ocasiões, condutas arbitrárias, violentas e imaturas. Thereza de Brito, que em sua última reencarnação teve onze filhos e enfrentou diversos percalços familiares, dentre eles a viuvez precoce e a desencarnação de alguns filhos, aborda temas relevantes, tais como a educação dos filhos, a convivência ideal entre os casais, quais são os hábitos saudáveis a serem adotados no lar, a questão do batismo dos filhos, a realização de casamentos espíritas e o consumismo exagerado no lar, com fidelidade à filosofia espírita.
Harmonia interior, alegria de viver e paz devem ser metas a alcançar por todo aquele que busca o sentido espiritual da vida na Terra e o seu progresso intelecto-moral, com base na proposta de reforma íntima que sugere a Doutrina Espírita, para adotarmos uma postura fiel aos ensinos de Jesus. Estas páginas convidam a avaliar nossa conduta perante os desafios da vida, permitindo corrigir equívocos e iluminar os próprios passos, a fim de que as ações reflitam as luzes do Evangelho e incentivem aqueles que convivem conosco a adotar postura semelhante.
O jovem não é apenas produto do ambiente. O autor espiritual apresenta o indivíduo como modificador do meio e vice-versa. Diz que, quando o lar falha, a sociedade não consegue facilmente reparar ou consertar a fenda educacional. Há uma violência doméstica muito grave, e bem pouco conhecida e divulgada: é a apatia, o desleixo, a falta de interesse, de atenção, de cuidado em relação aos filhos.